Carrinho de compras

0

Seu carrinho de compras está vazio

Vá a loja

CONDICIONAMENTO FÍSICO E FORÇA: QUAL A DIFERENÇA ENTRE ELES?

Por: :Iuri Torquato 0 comentários
CONDICIONAMENTO FÍSICO E FORÇA: QUAL A DIFERENÇA ENTRE ELES?

A maioria das pessoas pensa que condicionamento físico e força são a mesma coisa. Pelo contrário, são dois treinos diferentes com objetivos distintos.

Dessa forma, é importante descobrir quais são as características deles antes de sair pegando o treino do colega achando que vai ter os mesmos resultados.

Afinal de contas, cada pessoa possui seu biotipo e para cada necessidade, uma forma correta de treino.

Na musculação, existem vários treinos: força, hipertrofia, resistência a fadiga, entre outros. 

Cada um deles possui objetivos diferentes, seja para o aumento do recrutamento de unidades musculares ou da capacidade de suportar a fadiga. 

Neste artigo, você vai descobrir a diferença entre condicionamento físico e força e se é possível conquistar os dois ao mesmo tempo.

 

Condicionamento físico: o que é, para quem é indicado e benefícios

O condicionamento físico é basicamente os treinos de resistência - eles ajudam o corpo a aumentar a capacidade de suportar a fadiga durante o exercício físico.

Esses tipos de treino são indicados para atletas e praticante regular de atividades físicas - este último em especial melhora a sua capacidade motora e qualidade de vida.

Na prática, o treino de resistência auxilia em atividades cotidianas: subir a escada da igreja, correr para pegar o ônibus, pegar o filho no colo, entre outras.

 

Veja algumas atividades que proporcionam condicionamento físico:

  • Aeróbica;
  • Axé;
  • Boxe;
  • Crossfit;
  • Funcional;
  • Hidroginástica;
  • Jazz;
  • Jumping;
  • Musculação;
  • Zumba.

Força: o que é, para quem é indicado e benefícios

O treino de força visa o aumento do recrutamento de unidades musculares, com carga altíssima e poucas repetições.

O objetivo dele é: deixar o indivíduo mais forte. Diferente do condicionamento físico, que busca resistência a fadiga durante uma atividade.

Com o treino de força, a pessoa melhora sua condição física, coordenação motora, velocidade e, claro, qualidade de vida. 

Afinal de contas, as atividades físicas vão além da estética. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 150 minutos semanais de atividade física leve ou moderada (cerca de 20 minutos por dia) são suficientes para evitar o sedentarismo.

 

  • Exercícios que proporcionam força física:
  • Musculação;
  • Crossfit;
  • Agachamento com barra;
  • Clean and Jerk;
  • Peso reto;
  • Supino reto;
  • Press Militar;
  • Remada com Barra em Pé.
  •  

Condicionamento físico e força: é possível conquistar os dois?

Alternando os treinos, é possível conquistar condicionamento físico e força. 

Por isso, o recomendado é sempre ter o auxílio de um profissional capacitado para a realização dos treinos a fim de atingir esses objetivos.

Com a ajuda de suplementos pré-treinos, como o Freek, o indivíduo consegue uma melhora no desempenho físico em treinos de alta intensidade.

Nas versões Lemon e Cola, o Freek possui uma fórmula única que reúne ingredientes como taurina, cafeína e creatina. Esses estimulantes aumentam a disposição e a resistência em durante a realização de atividades físicas.

Além disso, ele proporciona: mais foco, energia e concentração, acelerando os resultados.

categorias : Novidades

Deixe um comentário